19 de nov de 2010



POR TODA MINHA VIDA

Essa vida é mesmo danada.
Parece que foi ontem, eu, ainda criança,
brincando pela rua encantada
achando que seria por toda minha vida.
Como se o tempo cantasse a noite inteira
como se eu fosse a canção de despedida
numa terra estrangeira.

Cibele Camargo

Nenhum comentário:

Postar um comentário