7 de ago de 2009

e nunca mais...


(Tela de George Morland)


e nunca mais eu te vi...
restou somente a lembrança do olhar,
da furtiva lágrima que caiu
enquanto tentavas disfarçar

restou a promessa
- feita para não ser cumprida -
de que ainda nos veríamos

restou a dor do caminho
percorrido, consciente
de que não haveria volta...

restou a saudade
daquele último instante,
a despedida, o adeus
disfarçado de até logo...

... e nunca mais eu te vi


regina helena

Nenhum comentário:

Postar um comentário