26 de mar de 2013

LIBERTAÇÃO



Nossos desejos se purificaram e o nosso pensamento foi subindo, ascendendo, serenando...
Nossas paixões se altearam
como o vento, que, depois de varrer o pó do chão,
para as estrelas trêmulas se eleva,

e, mais alto que a sombra, além da treva,

fica ressoando,

longe e livre, na ignota solidão...


Tasso da Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário