25 de fev de 2013

PERMISSÃO



Permita que eu redescubra
meus caminhos
vivenciando o que chamo saudade

Deixa-me encontrar tuas mãos
na branca madrugada
antes que a chuva do silêncio
molhe meu percurso
embriagando minha voz

Libera-me da perfeição,
da ingratidão sem protesto,
da doação sem o receber
do adeus que não viveu.

Conceição Bentes

Nenhum comentário:

Postar um comentário