18 de set de 2012

OBRIGADA, VIOLINOS...



Obrigado, violinos
por este dia 
de quatro cordas.
É puro o som do céu,
a voz azul do ar

Pablo Neruda
In “O mar e os Sinos”

Nenhum comentário:

Postar um comentário