12 de out de 2010



O SEU TEMPO É ESSE.

Criança, esse é o seu tempo,
Só seu esse tempo, criança.
Pule, brinque, faça sua traquinagem,
Ninguém vai brigar com você,
Pois você é luz, é Paz, é esperança.

Você é a criança, que ri, chora,
Que tem dor de ouvido, tem catapora,
A sua vantagem é ser criança
E com carinho, a dor de ouvido,
A catapora, logo, logo, passa
E você estará pronto, para brincar novamente.

Você pula corda, brinca de amarelinha,
O seu dia é agitado, você fica cansado,,
Aí é hora de dormir, dorme cedo.
No dia seguinte acorda feliz, sem medo,
Afinal você é uma criança!
Quer logo saber onde está seu brinquedo.

Criança, o seu nome é criança!
Não é preciso oficializar o seu dia.
Você é Luz é Paz é Alegria.
Você não precisa de CPF, CIC, RG,
Você só sabe que você é você,
E você é criança!!

PAULO ODAIR.

Do livro**Poesia sua vez**Paulo Odair-2008.

2 comentários:

  1. Olá, querida!!! Estou feliz por nos encontrarmos! Quanto ao poema acima, criança é tudo isso e muito mais, a criança é o frescor da vida. Obrigada pela presença e pelo carinho!!!

    Beijos no coração!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, fico feliz com sua presença.
    Concordo com vc criança é tudo de bom!

    Obrigada por comentar... abraços!

    ResponderExcluir