16 de out de 2010



"Minha existência
Muitas vezes extrema, intensa,
frágil, forte e sensível...
Força-me a pedir tempos à vida,
Porque fico exausta!
É preciso de pausa, de silêncio...
Preciso me recompor, sem pressa
Preciso pensar em minha existência...
Porque a vida não te prepara
Para os roupantes, aprovações, mudanças...
É uma questão de sobrevivência!"

Débora Leão

Nenhum comentário:

Postar um comentário