18 de set de 2010

Vem Comigo



Convido-te a ouvir
o canto da manhã
que embala os gorjeios
da liberdade

Senta-te ao lado do ocaso,
escuta o eco surdo da ventania
invadindo a saudade do que fui

Toma em tuas mãos meu destino,
conduz com maestria
meu caminhar por labirintos
entre espumas do silêncio,
e as marés do meu viver


Conceição Bentes
Publicado no Recanto das Letras em 18/09/10
Código do Texto: T2505103

Nenhum comentário:

Postar um comentário