4 de set de 2010

Universo do Poeta

O poeta quando um verso escreve,
ao mundo inteiro emudece,
suas palavras não tem fronteiras,
ecoando no tempo, em suave prece!

Seu Cálice Sagrado, trazendo paz,
Segredos e mistérios se revelam,
nas linhas escritas, que a mente rege,
qual maestro de soberbas emoções!

Santa e profana guerra de sentimentos,
amores, sonhos, dores e lamentos,
mesmo sem glórias, lutam em silêncio!

Poetas! São anjos, loucos ou guerreiros?
como armas de combate, poemas e sonetos,
imortalizados em seu majestoso...UniVerso...

(Reggina Moon)

Um comentário:

  1. Muito legal este poema aqui. Gostei bastante. Ele me lembra alguma solidão que tive em versos. http://georgeardilles.blogspot.com/2007/12/nos-cmodos-dos-poetas.html

    ResponderExcluir