14 de jul de 2010

Te Amo

Sobre todas as coisas, te amo
Te amo por tua beleza, cravejada de ouro e cinzas

Te amo por esta branda fúria que trazes no olhar,
que quando não me fuzilas,
me elevas ao último céu

Te amo pelo desespero que me provocas,
e por esta repentina paz que me despertas,
pouco antes de minha morte

Te amo por nunca me ouvires quando te chamo,
e por estares sempre presente,
quando menos te quero

Te amo por tuas mentiras mal contadas,
das quais, por vezes faço questão de acreditar,
e pela incredulidade que me fazes sentir,
diante das tuas mais obscenas verdades ...

Por fim,te amo, porque é só o que sei fazer;
te amo simplesmente pelo que tu és,
e pelo que nunca fostes.

(Marcelo Roque)

2 comentários:

  1. Maravilhoso querida amiga. Amei. Beijos com muito carinho da sempre amiga Thê/M.Thereza.

    ResponderExcluir