22 de jul de 2010

Saudade



Saudade

Não existe nada melhor que sonhar...
A emoção do primeiro abraço,
O beijo, o rosto corado,
o corpo suado, o perfume no ar...

Teu caminhar apressado
no desespero de me alcançar,
como se eu fosse fugir...

Os olhos brilhantes e serenos,
assim como de uma criança!
Que saudade do raro momento
que exige do meu coração recordar...

Momentos tão breves,
mas de tamanha grandeza...
que lamentei acordar!!!

Glória Dantas.

Um comentário:

  1. Glória que magnifico poema adorei, e volto para ler muitos dos teum escritos, beijos e uma linda tarde.

    A alegria de fazer o bem é a única felicidade verdadeira.

    Léon Tolstoi

    ResponderExcluir