16 de mar de 2009

SE EU QUISESSE...



SE EU QUISESSE...
(Genaura Tormin)

Se um dia
eu quisesse te esquecer,
não poderia.
Se eu pudesse,
jamais quereria.

Porque eu te amo tanto,
que sem ti,
o sentido de viver
se perderia.

Quando estou sozinha,
tu me vens à mente.
E vens lindo,
sorridente e provocante.

E, a cada vez,
estou te amando mais.

Se é loucura,
eu amo essa loucura,
juro, juro!
Prefiro ser louca,
e te amar sempre,
a ter um coração vazio
e um desejo interminável de viver,
e ver passar em brancas nuvens,
essa loucura linda
que me escraviza o peito.

Por isso,
eu te amo muito.
E a cada vez mais,
sinto que se agiganta em mim
este desejo sem limites
de te querer demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário