12 de mar de 2009

PROTÓTIPO DA FELICIDADE


PROTÓTIPO DA FELICIDADE
(Genaura Tormin)

A distância edifica o amor!
Prova a sua importância,
o lugar cativo no coração.
Pode, também,
consolidar o fim,
lanhar a emoção.

Na dúvida,
nunca diga adeus.
Tente outra vez!
Resista ao sentimento.
A esperança não pode partir.
Abra seu coração!
Deixe o afeto emergir.

Cante por todas as mágoas,
por todas as dores...
As portas se abrem sempre.
Não se aprisione às que se foram.
O amor é imprescindível.
É alento, tormento,
dinâmica do existir.

Sua falta machuca,
diminui a auto-estima,
abre crateras, provoca feridas...
Ame,
mesmo que seja em sonho!
Encontre pessoas queridas.
A fantasia faz parte!
É o protótipo da felicidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário