12 de mar de 2009

O AMOR QUE NÃO TE DEI


O AMOR QUE NÃO TE DEI
(Genaura Tormin)

Neste compartimento atrasado,
Arraigado por valores ultrapassados,
Sobram tantos desejos guardados,
Acovardados aqui.

Os riscos que não quis correr
Latejam em mim.
A lágrima escondida,
Ainda queima.
O sentimento recluso,
A poesia que rasguei,
São feridas exangues
Que nunca te contei.

Cativo, trancado, rebelde, danado,
Jaz todo o amor que não te dei,
Por covardia, talvez.
Agora, já nem sei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário