17 de mar de 2009

ESPERO-TE



ESPERO-TE
(Genaura Tormin)

Espero-te,
porque sei que virás!
Lindo,
como o vejo em pensamento.

Tu, que me dás saudades,
tu, que não conheço,
serás meu,
somente meu.

A ti,
contarei dos dias de vigílias,
e falarei das noites de saudades.

Sei que tu virás um dia,
e meu mundo
será de muitas cores.

Tu,
meu amor,
serás realidade,
eu sei.
E é por isso,
que não me canso
de te esperar sempre,
no calor dos dias,
no frio das madrugadas...

Quando chegares
tudo será dourado,
cheio de encanto,
sem pranto.
E essa saudade louca,
que de ti eu sinto,
será esquecida
com a tua presença.

Tu,
insubstituivelmente tu,
serás meu!
Serás ternura!
Quando, então,
eu serei tua, amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário