19 de fev de 2009

Despedida



Jurei não chorar, não implorar,
suportar o fim, guardar pra mim a dor...
E vi chegar o dia do fim da espera...

Como um zumbi, te vi preparar o ato final.
Abracei-te e, cega pelas lágrimas abri a porta...
Fim de tudo. Fim da minha vida. A cortina caiu...

Mas não era só morte, era loucura
e, corri...cega de dor corri pra ver tua partida,
alimentando o sofrimento que jurei pôr fim!

Ainda pude ver ao longe a embarcação...
Procurei aonde subir e, meio cega, meio louca,
invadi prédios, tombei em pessoas.

E fui subindo até onde não deu mais,
até te ver sumir no mar sem fim...
e ficar só céu e água... desespero e dor!

Regina Helena

Nenhum comentário:

Postar um comentário